Seis meses depois de renovar mais uma vez o visual da Ranger, a Ford lança nesta semana a versão Sport cabine simples com a nova cara da picape. Baseada na versão XLS, a Ranger Sport traz alguns detalhes mais atrativos, entre eles, rodas de liga leve de 16 polegadas, vidros elétricos, keyless, travamento automático a 20 km/h e protetores laterais na carroceria.

O motor 2.3 litros tem 150 cv de potência e 22,1 kgfm de torque, mas não é flex. Com a Sport, a Ford tenta oferecer uma alternativa para seus clientes em relação às picapes compactas da concorrência.

Como a Courier só é voltada ao trabalho, restou a Ranger a tarefa de enfrentar as versões mais caras da Strada, da Montana e da Saveiro. O preço, por exemplo, é de R$ 53 885, um pouco mais caro que o da versão Adventure cabine dupla da Strada.

Além dos equipamentos citados, a versão traz ainda de série ar-, direção hidráulica, CD-player com MP3, iPod, USB e Bluetooth e quatro alto-falantes, alarme antifurto perimétrico e ajuste de altura do volante.

Apesar do otimismo da Ford, que ressaltou o recorde de vendas da Ranger em dezembro, o fato é que a picape ainda está atrás da S10, Hilux e L200, como acontecia antes da mudança.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/