Menos ousado do que se previa e mais original do que se pensava. Assim é o novo Focus, a 3ª geração do modelo que acaba de ser revelada pela Ford. Antes da apresentação imaginava-se que ele seria apenas uma versão inflada do novo Fiesta cujo design agradou em cheio no mundo inteiro.

Mas a Ford preferiu dar uma cara única ao médio, que será vendida no mundo inteiro desse jeito. Na tentativa de agradar vários públicos, os projetistas foram contidos nos exageros embora a grade frontal seja um tanto grande. E a marca optou por revelar as duas versões - hatch e sedã. É sabido que os norte-americanos preferem o sedã enquanto na Europa é o hatch quem vende.

E, pela primeira vez, a versão sedã teve um projeto mais harmonioso e coerente com sua proposta. Até então, a Ford apenas adaptava o 3º volume ao hatch. Já o interior salta aos olhos. É elegante e envolvente com o console central inclinado que se estende até os bancos. O freio de estacionamento, por exemplo, copia a posição e o sistema do Honda Civic, um dos seus rivais, e fica ao lado da manopla do câmbio.

O Focus recebeu o sistema MyFord que concentra as funções de entretenimento, conectividade e personalização numa tela de oito polegadas sensível ao toque.

Lançamento em 2011

A Ford revelou que lançará a nova geração do Focus simultaneamente na Europa e nos Estados Unidos no início de 2011 - a produção começa no final de 2010. Segundo ela, o Focus será o carro mais global da marca e quase idêntico no mundo inteiro: 80% das peças serão comuns em todas as versões produzidas.

A boa notícia é que o novo Focus virá mesmo para o Brasil. A montadora diz que América do Sul e outras regiões seguirão esse primeiro lançamento, porém, não especifica quando isso ocorrerá.

Mecânica evoluída

Em relação a um dos pontos mais elogiados do carro - sua refinada mecânica - a Ford diz que o Focus 3 é uma evolução do conceito, com suspensão multilink com sub-chassi aprimorada e direção eletro-assistida precisa além de um inédito sistema de controle dinâmico de curvas que reduz o sobresterço e melhora a tração do carro.

O Focus usará o motor EcoBoost que usa turbo com injeção direta de combustível e controle variável de válvulas. Haverá um 1.6 na Europa e um 2.0 nos Estados Unidos e também um câmbio de dupla embreagem e seis marchas. A montadora promete ainda uma versão do Focus movida a eletricidade.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/