Já se perguntou quantos carros, caminhões, ônibus e outros veículos existem pelo Brasil em circulação? O Sindipeças fez as contas: 2010 fechou com 32,5 milhões, volume 8,4% superior a conta de 2009. E Motos? A instituição apontou 10,6 milhões também no ano passado, número 12% acima a pesquisa anterior. O forte crescimento ainda rejuvenesceu a frota brasileira, que passou de 8 anos e 10 meses para 8 anos e 8 meses. No entanto, a renovação ainda é lenta.

Segundo o Sindipeças, 67% dos 32,2 milhões de veículos em circulação têm de 4 a 20 anos. Acima disso, o volume é de 4%, cerca de 1,3 milhão de unidades. Ainda segundo o órgão, o número de habitantes por veículo passou de 8,4 em 2000 para 5,9 no registro de 2010. Já a frota de motocicletas cresceu fortes 325% na década, conforme dados da fonte.

O estudo do Sindipeças contabiliza os números do mercado nacional desde 1957, quando foi estabelecida a indústria automobilística no Brasil. São contabilizados cada um dos veículos, sendo que o índice de mortalidade é de 1,5% ao ano: 1% por perda total em acidentes e 0,5% por furto sem recuperação. Para os próximos anos, a entidade estima um crescimento médio de 7,4% ao ano a partir de 2011 com a frota chegando a 46,5 milhões de unidades em 2015.

Thiago Vinholes

|