Dos destaques do Salão de Xangai, que abriu as portas para a imprensa nesta segunda-feira (20), na China, uma das principais novidades para o Brasil é o crossover compacto T3. O modelo, que estreou no evento chinês, deve começar a ser vendido no Brasil em agosto de 2016 - ainda importado -, e será o primeiro modelo da JAC a ser produzido no País, na fábrica que a montadora deve erguer em Camaçari (BA), além de antecipar as formas gerais que terão os sucessores nacionais do J3 e J3 Turin.

É quase unanimidade que o crossover, apelidado de SUV compacto por Sérgio Habib, presidente da JAC no Brasil, agrada aos olhos - exceto pelo exagero de cromados, que deve ser mantido “pois o brasileiro gosta”, explica Habib. O mais interessante é que o desenvolvimento do carro ficou quase que totalmente a cargo do executivo brasileiro, que trabalhou em parceria com o centro de design da JAC na Itália.

Habib disse ao AUTOO que o visual é fator determinante para o consumidor brasileiro se decidir pela compra de um carro, por isso este quesito foi tão priorizado no projeto. “Ao se desenhar um carro, para que ele seja mais funcional em determinados aspectos o estilo tem de ser prejudicado. No caso do T3, sempre privilegiamos a estética, mesmo aumentando o custo industrial do carro, como ao optarmos pela maçaneta da porta traseira integrada, acompanhando o desenho da janela”, explica. A maçaneta da porta traseira lembra a do recém-lançado Honda HR-V, segundo a marca uma coincidência, já que o projeto do T3 teve início em 2012.

O interior é bonito e chama atenção pelo acabamento honesto. O painel possui uma faixa colorida que varia de acordo com a pintura da carroceria, as saídas de ar contam com molduras cromadas, há volante multifuncional e bancos confortábeis revestidos em couro. LEDs na cor branca garantem boa visibilidade no painel de instrumentos enquanto a central multimídia com tela sensível ao toque é a mesma utilizada no T6, SUV da JAC recém chegado ao mercado brasileiro.

 
 
O inédito T3 foi desenvolvido para os brasileiros O inédito T3 foi desenvolvido para os brasileiros
O modelo deve ser posicionado na faixa de preço entre R$ 50 mil e R$ 55 mil O modelo deve ser posicionado na faixa de preço entre R$ 50 mil e R$ 55 mil
Novo JAC T3 Novo JAC T3
Com quê aventureiro, o crossover abusa de cromados Com quê aventureiro, o crossover abusa de cromados
JAC T3, chega ao Brasil ainda importado em agosto de 2016 JAC T3, chega ao Brasil ainda importado em agosto de 2016
O interior do T3 tem acabamento honesto O interior do T3 tem acabamento honesto
O visual do T3 agrada O visual do T3 agrada
JAC T3 JAC T3
JAC T3 JAC T3
Macaneta da porta traseira do JAC T3 Macaneta da porta traseira do JAC T3
Painel com iluminação na cor branca Painel com iluminação na cor branca
JAC T3 JAC T3
Volante multifuncional Volante multifuncional
A central multimídia é a mesma do JAC T6 A central multimídia é a mesma do JAC T6
Bancos em couro Bancos em couro
JAC T3 JAC T3
O crossover T3 é espaçoso O crossover T3 é espaçoso
Inédito T3 é destaque da JAC em Xangai Inédito T3 é destaque da JAC em Xangai
 
 

Para evidenciar o caráter aventureiro, a JAC equipou a versão exposta no salão chinês com estribos, rack de teto e adesivos laterais, acessórios que poderão ser oferecidos posteriormente na versão nacional, segundo Habib.

O T3 será equipado com motor 1.5 flex de 127 cv e oferecido com duas opções de transmissão: manual de seis marchas ou automático CVT (de relações continuamente variáveis). Com preço entre R$ 50 mil e R$ 55 mil, o crossover terá como principais rivais os “aventureiros” Volkswagen CrossFox e Renault Sandero Stepway. Na China, o T3 é batizado de S2, e começa a ser vendido em breve.

E a família vai crescer

O T3 dará origem a uma família de compactos, incluindo um hatch e um sedã também com produção nacional, na planta de Camaçari. Para o hatch, as principais mudanças concentram-se nos para-lamas, capô, faróis e acerto de suspensão. Ambos modelos, cujos nomes ainda não foram definidos, substituirão o atual J3, mas estes são planos a longo prazo.

Para agora, mais precisamente neste mês, o brasileiro pode esperar o facelift do J5. Em dezembro deste ano a marca estreia no País o SUV compacto T5, equipado com o mesmo motor 1.5 flex do T3 com câmbio de seis marchas. Uma versão com câmbio CVT chegará apenas em maio de 2016. Para o ano que vem podemos esperar também uma versão compacta da van T8. Batizada de M3 na China e com capacidade para oito pessoas, a novidade também é um dos destaques do estande da JAC em Xangai. No Brasil, porém, a van será vendida como T7 e, segundo Habib, atenderá a demanda dos órfãos da aposentada Besta. 

Karina Simões

Karina Simões |