A Ford apontou hoje a montadora chinesa Geely como a candidata favorita a levar a marca Volvo. Os americanos estudam a venda a empresa sueca há algum tempo, mas só agora o negócio para mais definido.

Apesar de as negociações evoluírem para um final feliz, a Ford negou qualquer acordo até agora. O temor é não repetir as reviravoltas que aconteceram com sua rival GM que viu a Saturn e a Opel naufragarem em suas tentativas de vendas.

O principal executivo financeiro da Ford, Lewis Booth, disse que “acredita que a Geely tenha potencial para ser uma futura proprietária responsável da Volvo, evoluindo o negócio e respeitando os valores suecos”.

A montadora também revelou que continuará trabalhando juntamente com a Volvo em desenvolvimento de novos produtos, mas que não manterá nenhuma participação na empresa após a venda.

Ricardo Meier

Ricardo Meier |