O Salão de Genebra também é palco de criações não muito comerciais. Uma tradicional encarroçadora, a italiana Carrozzeria Touring Superleggera, pegou um Bentley Continental GT e o transformou numa perua de três portas. A invenção leva quatro passageiros e pode ter seu porta-malas ampliado com o rebatimento dos bancos traseiros. 

O Bentley Flying Star segue o mesmo padrão de luxo dos demais carros da marca, além de manter o motor que equipa o Continental GT. Trata-se de um 6 litros W12 biturbo de 560 cv, com opção de se alcançar os 750 cv. A produção, no entanto, é limitada: serão apenas 20 unidades, ao preço de 590.000 euros. Se a BMW pode ter um crossover-cupê e a Mercedes-Benz um cupê de quatro portas, por que a Bentley não pode ter seu cupê perua?

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca