Depois de muita especulação, enfim, as primeiras medidas práticas contra a crise foram tomadas pela General Motors nesta segunda-feira, dia 27. A mais impactante é o fim da marca Pontiac. Especializada em modelos mais esportivas, a marca existe há cerca de 80 anos e terminará suas atividades no final de 2010.

A GM anunciou que trabalhará apenas com quatro marcas nos Estados Unidos: Chevrolet, Cadillac, Buick e GMC, está voltada para os caminhões e grandes utilitários. Com isso, Saab, Saturn e Hummer já estão sendo colocadas à venda, o que a empresa espera fazê-lo até o final de 2009.

Com relação ao número de concessionárias, a GM planeja reduzir de 6 246 em 2008 para 3 605 pontos de vendas em 2010, cerca de 42% a menos. A empresa também fará uma oferta pelas suas ações a fim de reduzir sua dívida, essa uma medida que pode não ser aceita.

A GM tem até 1 º de junho para tentar resolver sua grave crise sem a intervenção do governo americano. Caso isso não ocorra, o caminho mais aceito é o da concordata.

Ricardo Meier

Ricardo Meier |

Veja mais notícias da marca