O Salão de Frankfurt acontece apenas em setembro, mas as montadoras já começaram o aquecimento para o tradicional evento alemão. A Opel, a divisão local da General Motors, se adiantou e antecipou nesta terça-feira (7) os primeiros dados do novo Astra GTC, a versão com apelo esportivo baseado na geração mais recente do hatch oferecido por enquanto somente no mercado europeu.

As novidades visuais do carro começam pela presença de apenas duas portas de acesso na carroceria e continuam com as rodas diferenciadas – com opções de aro 17” a 20” – e terminam com o kit aerodinâmico compostos por spoilers mais arrojados e um difusor traseiro. Isso só por fora. Já a cabine possui bancos com formato mais arrojado e a tela de LCD no alto do painel, com funções de áudio e navegação, vem de fábrica.

As opções de motorização para o Astra GTC são variadas. A linha começa com o bloco 1.4 turbo a gasolina nas versões com 120 cv e 140 cv. O modelo seguinte é o mais forte da série com seu motor 1.6 turbo de 180 cv que o levam a velocidade máxima de 220 km/h. Por fim, o catálogo é complementado pelo propulsor 2.0 CDTI (turbodiesel) de 165 cv e torque máximo de 38,7 kgfm (com overboost acionado). Nessa configuração, a Opel afirma que o veículo atinge até 210 km/h e acelera do 0 aos 100 km/h em 8,9 segundos.

Comparado ao Astra cinco portas, o GTC tem a suspensão 15 mm mais baixa e a fabricante divulga ainda ter reforçado a carroceria para tornar o carro mais rígido. A distância entreeixos também foi ligeiramente aumentada em 10 mm – passou de 2,685 para 2,695 – para acomodar as rodas esportivas. O modelo ainda traz faróis com canhões duplos de xenônio, controle eletrônico de estabilidade e sistema de monitoramento do tráfego ao redor do veículo por câmeras.

Com a chegada da versão GTC fica faltando apenas o novo Astra na opção OPC, a mais radical dos carros Opel na Europa e que já marcou as gerações passadas do carro. Previsto para o próximo ano, o modelo mais esportivo deverá adotar o motor 2.0 turbo com sistema de injeção direta de combustível para gerar algo próximo dos 300 cv.

Fabricado em Rüsselsheim, na Polônia, o Astra GTC chega às revendas da marca no Velho Continente logo após a mostra alemã com preço inicial de € 21.750 (cerca de R$ 50.250, sem impostos). O modelo também terá uma versão da Vauxhall, o braço britânico da GM. O mercado brasileiro não está nos planos da marca para o carro.

Thiago Vinholes

|