A Strasse, representante oficial da Oettinger, preparadora alemã especializada em modelos Audi e Volkswagen, está oferecendo aos brasileiros uma versão mais potente do Golf com motor 1.4 TSI. O hatch preparado tem como base a versão de entrada Comfortline com câmbio manual e sem opcionais e já pode ser encomendado, com preço inicial de R$ 85,9 mil, ou quase R$ 10 mil mais caro que o modelo convencional.

Com as mudanças, o Volkswagen Golf 1.4 TSI agora entrega 170 cavalos de potência, o que representa um aumento de 30 cv em relação a versão de fábrica. O torque também subiu, agora de 31,6 kgfm, contra os 25,5 kgfm do original. Esse conjunto é capaz de levar o hatch aos 100 km/h em 8,1 segundos, ou 0,3 s a menos que o TSI normal, com velocidade limitada a 216 km/h.

No entanto, para deixar o Golf como o modelo da foto, a Oettinger vai oferecer alguns opcionais. O hatch poderá ser equipado com rodas Oettinger RXX de 19 polegadas, prata ou preta, com pneus 235/35 R19, pela bagatela de R$ 26,9 mil. Sistema de escape com quatro saídas e difusor também serão oferecidos, por R$ 13,5 mil, além do pacote aerodinâmico, com preço de R$ 16,5 mil.

Ou seja, o Golf preparado topo de linha pode chegar a R$ 142,8 mil. Para efeito de comparação, o Golf GTI, que usa um motor 2.0 litros turbo de 220 cv e câmbio DSG de seis marchas, começa em R$ 112.790.

Golf nacional a caminho

O modelo mais vendido da Volkswagen no mundo também terá novidades em breve. A montadora prepara a linha de montagem do modelo em São José do Pinhais, no Paraná. A geração 7 assume o lugar do Golf 4, que ficou em produção no país desde 1999. Entre as diferenças esperadas, estão uma versão mais simples com o motor 1.6 MPI e itens mais simples como freio de estacionamento manual. Em compensação, o Golf nacional terá uma versão flex do motor turbo 1.4 TSI.

Redação

Redação |