Apresentado como conceito em maio deste ano, o novo Golf GTI Clubsport foi apresentado como modelo de produção nesta semana pela Volkswagen. A nova versão especial da linha do hatch será mostrada no Salão de Frankfurt, na próxima semana, e foi projetada para comemorar os 40 anos do modelo esportivo GTI.

O GTI Clubsport segue praticamente a mesma linha do protótipo, com direito a mudanças no desenho dos para-choques, rodas exclusivas de 18 ou 19 polegadas, difusor traseiro, aerofólio, saídas de escape redesenhadas, detalhes decorativos na cor preta, entre outro. Por dentro, há volante e bancos esportivos, além de acabamento em Alcântara com costura vermelho e alavanca de câmbio com formato de uma bola de golfe.

Já no conjunto mecânico, em relação ao GTI convencional, o novo Volkswagen Golf GTI Clubsport oferece um aumento de 35 cavalos de potência. O propulsor 2.0 litros TSI agora rende 265 cv, número que pode subir para bons 290 cv com uma função de overboost, que pode ser ativada por cerca de 10 segundos.

Com o câmbio manual de seis marchas, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6 segundos. Já com a transmissão DSG (opcional), esse tempo sofre acréscimo de 0,1 s. A velocidade máxima é de 250 km/h em ambos os casos. Já o consumo médio, segundo dados da VW, é de 14,5 km/l. 

 
 
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
Volkswagen Golf GTI Clubsport Volkswagen Golf GTI Clubsport
 
 

Golf nacional

A novidade surge na mesma época em que o modelo mais vendido da Volkswagen no mundo se prepara para ganhar uma linha de montagem no Brasil. A sétima geração do hatch médio deve começar a ser fabricada em São José dos Pinhais neste mês. Com isso, o Golf ganhará fôlego para enfrentar o Focus, que é hoje o hatch médio mais vendido do país. Especula-se que uma nova versão de entrada, com motor 1.6 de 120 cv, fará parte do portfólio, para dar maior volume de vendas para o carro.

Redação

Redação |