Para quem achava que somente os clientes de países em desenvolvimento recebiam carros velhos em embalagens novas, a Volkswagen é mais uma marca que mostra que até mesmo os europeus estão encarando essa realidade.

A montadora alemã mostrou hoje a nova perua Golf com o visual frontal da geração 6 e só. É o mesmo projeto da geração 5, aqui conhecida pelo Jetta sedã e Variant. Além da frente, adaptada do Golf mais recente, apenas o painel de instrumentos teve um upgrade sobre a estrutura original.

Esse tipo de reforma híbrida é muito comum em mercados como o nosso, mas a crise financeira tem levado algumas marcas a economizar nas mudanças. A Peugeot, por exemplo, fez algo parecido com o 206 brasileiro ao adaptar o visual do seu sucessor, o 207, nele. A ideia agradou a matriz, que resolveu fazer o mesmo na França, mas lá o carro continua chamando 206.

Novo Golf brasileiro?

A revelação do Golf Variant pode dar pistas do que deverá ser o novo Golf vendido no Brasil. Sabe-se que a Volks planeja produzir uma nova versão do hatch no México para exportação para os Estados Unidos e também para cá, assim como faz com o Jetta. E que ela pensa num carro menos sofisticado que o da geração 6. A solução poderia ser junção da base do Golf 5 com a frente do Golf 6, a exemplo desta nova perua.

Agora tudo dependerá do que a VW mexicana fizer com o Jetta sedã e perua. Se eles seguirem a mudança de DNA, como diz a montadora, da Golf Variant, essa teoria fará sentido.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |