Segunda fábrica de automóveis da Honda no território brasileiro, a unidade de Itirapina (SP) deve demorar para iniciar suas operações. Em um comunicado emitido recentemente, a empresa japonesa anunciou que a inauguração da planta está suspensa por tempo indeterminado, devido à crise que afeta o cenário atual. Uma nova data “será definida de acordo com a evolução do mercado”.

Apesar do adiamento, os investimentos que totalizam R$ 1 milhão em Itirapina ”seguem sendo realizados rigorosamente de acordo com o cronograma estabelecido” e a produção em massa deve ser iniciada “assim que houver melhor previsibilidade do mercado”. Para 2016, a expectativa da Honda é manter o mesmo volume de vendas deste ano, que deve ser suprido pela unidade de Sumaré (SP), que produz os compactos Fit, City e HR-V e o médio Civic.

A nova planta da Honda deverá ser responsável pela produção do Fit, para “desafogar” a linha de Sumaré, com capacidade para entregar 120 mil unidades por ano. Hoje, a primeira fábrica de carros da montadora trabalha em dois turnos e complementa a atividade com horas extras. Mesmo com a chegada do HR-V, que elevou as vendas da Honda para um patamar nunca atingido antes, a fabricante preferiu deixar Itirapina em stand-by até que haja um reaquecimento do mercado.

 
 
O Fit será o primeiro carro a ser produzido em Itirapina O Fit será o primeiro carro a ser produzido em Itirapina
Com Itirapina, a Honda dobrará sua produção no Brasil Com Itirapina, a Honda dobrará sua produção no Brasil
 
 
Redação

Redação |

Veja mais notícias da marca