É a tal lei da oferta e da procura. Se um modelo está vendendo bem no mercado, aumentos de preços não tão expressivos não seriam suficientes para interromper o sucesso do produto. Provavelmente foi este o pensamento da Honda, que passou a oferecer o crossover compacto HR-V a preços maiores no Brasil. Agora, o automóvel parte de R$ 71.900.

Em comparação com os valores praticados anteriormente, o Honda HR-V LX manual, o mais básico da linha e que corresponde a apenas 1% do mix de vendas, teve aumento de R$ 2 mil. O modelo com câmbio automático do tipo CVT também teve aumento de dois mil reais, agora disponível por R$ 75.400.

Os R$ 2 mil a mais também foram aplicados nos modelos EX CVT e EXL. Agora o Honda CR-V intermediário é oferecido por R$ 82.400. Já o topo de linha, que traz itens como quatro airbags, ar-condicionado digital com comandos sensíveis ao toque, bancos em couro e central multimídia com GPS, pode ser encontrado por R$ 90.400.

Apesar deste reajuste, o Honda deve continuar vendendo bem no mercado brasileiro, afinal há até fila de espera para levar um exemplar do utilitário-esportivo para casa. Enquanto isso, o Ford EcoSport, principal rival do modelo japonês, vai registrando queda nas vendas no País. 

 
 
Honda HR-V Honda HR-V
Honda HR-V Honda HR-V
Interior do novo Honda HR-V nacional Interior do novo Honda HR-V nacional
Interior do novo Honda HR-V nacional Interior do novo Honda HR-V nacional
Honda HR-V: mais rival do ix35 que do EcoSport Honda HR-V: mais rival do ix35 que do EcoSport
Honda HR-V 2016 Honda HR-V 2016
 
 
Redação

Redação |

Veja mais notícias da marca