A Honda inicia as vendas da linha 2016 do City com novidades pontuais, melhorando a lista de itens de série do sedã.

A partir de agora, a versão de entrada DX passa a trazer a regulagem de profundidade para a direção, complementando o ajuste de altura que já era oferecido. Além disso, o City DX também passa a trazer chave canivete, painel de instrumentos e visor do sistema de som na cor branca, para-brisa degradê e retrovisores na cor da carroceria.

A versão LX, por sua vez, acrescenta ao pacote as maçanetas internas cromadas e o sistema de som para o volante.

Já a intermediária EX recebeu revestimento interno de couro e apoio de braço dianteiro com porta-objetos.

 
 
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
Honda City 2016 Honda City 2016
 
 

Por fim, a topo de linha EXL agora sai de fábrica com os importantes airbags de cortina, totalizando seis bolsas infláveis (considerando as frontais dianteiras e laterais). O City em sua versão mais cara também passa a contar com central multímidia com tela de 7” e navegador integrado. O equipamento conta com entradas auxiliares, incluindo a HDMI, além de exibir as imagens da câmera de ré. Conexão do celular por Bluetooth e WiFi, além dos sistemas CarPlay e Android Auto também estão presentes na central.

O motor, que é comum a toda linha, segue o 1.5 16V. Ele entrega até 116 cv e 15,3 kgfm com etanol. Na versão DX o City conta com câmbio manual de 5 marchas, enquanto as demais são equipadas com transmissão automática CVT. As opções EX e EXL acrescentam borboletas para a troca de marcha no volante.

Os preços da linha 2016 do City ainda não foram revelados.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |

Veja mais notícias da marca