Os mais desatentos podem até não notar a diferença entre o CR-V 2009 e o novo CR-V 2010. O crossover da Honda recebeu uma leve reestilização no México, onde é produzido principalmente para atender ao mercado norte-americano.

Essa modificação acaba de chegar ao Brasil e traz basicamente uma nova frente para o veículo, a mais notável a nova grade com duas lâminas mais espessas e que se estendem até os faróis. O para-choque também mudou e está mais refinado, com faróis de neblina destacados e a grade inferior com uma tela em formato de colméia. Atrás, apenas uma nova base do para-choque com luzes de neblina incorporadas.

A Honda resolveu incrementar um pouco seu interior e adicionou alguns itens comuns em outros veículos como sensor crepuscular e rádio com conexão para USB. Os apoios de braço também ficaram mais ergonômicos e os para-sois ganharam espelhos, uma falta inaceitável em um carro com preço acima de R$ 80 mil.

Por falar em preço, o CR-V continua com duas versões à venda: LX com tração dianteira e preço de R$ 88 410, e EX-L com tração integral e custando R$ 102 910 – o motor é o 2.0 litros de 150 cv com transmissão automática de cinco velocidades.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |