Com estilo controverso, a primeira geração da picape Ridgeline, da Honda, não foi capaz de peitar as picapes médias nos Estados Unidos. Mas desta vez, em sua segunda geração, o modelo quer voltar à briga com força. O modelo é a principal atração da montadora japonesa no Salão de Detroit, que acontecerá até o dia 24.

Em relação a versão anterior, a nova Honda Ridgeline está 13 centímetros mais longa e 10 cm mais larga, enquanto a capacidade de carga subiu para 725 kg. Na caçamba, agora há piso totalmente plano, sistema de escoamento de água e tampa com bloqueador remoto. O utilitário continua usando carroceria monobloco (a exemplo da Renault Duster Oroch e da futura Fiat Toro), tendo como base o SUV Pilot.

Entre os equipamentos, o novo modelo da Honda dispõe de ar-condicionado de três zonas, botão de partida, revestimento interno em couro, banco traseiro bipartido e dobrável, sistema de entretenimento com tela de oito polegadas e suporte ao Apple CarPlay e Android Auto, alerta de colisão frontal, aviso de saída de faixa, auxílio de manutenção de faixa, câmera traseira com visão multi-ângulo, entre outros.

O motor que equipa a picape é um 3.5 V6 a gasolina, com transmissão automática de seis marchas e opção de tração nas quatro rodas. 

 
 
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
Honda Ridgeline 2017 Honda Ridgeline 2017
 
 
Redação

Redação |

Veja mais notícias da marca