Um dia após declarar concordata, a General Motors, anunciou que fechou um pré-acordo de venda da Hummer, marca de jipes com inspiração militar que é hoje sua subsidiária em situação mais delicada.

O interessado pela Hummer é o obscuro grupo chines Sichuan Tengzhong, que fabrica caminhões, entre outros negócios. E terá um sério desafio pela frente. Com a crise financeira e do petróleo, os veículos da marca tornaram-se vilões e as vendas caíram para níveis extremamente baixos – apenas 913 unidades foram adquiridas em abril.

A Hummer possui uma fábrica nos Estados Unidos e outra linha montagem na
África do Sul. Ambas produzem o H3T, versão mais modesta do jipe. Para a GM, a vendar significa “salvar o emprego de 3 000 pessoas”. A Tengzhong garante que investirá na marca e desenvolverá novos produtos menos agressivos ao meio ambiente.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |

Veja mais notícias da marca