O tão esperado novo Jeep Grand Cherokee, que já é considerado o marco da nova fase da Chrysler, foi apresentado pela montadora norte-americana. Esteticamente, o SUV ganhou elementos modernos, mas sem perder sua identidade – a enorme grade continua lá, mas agora dividindo faróis menores e de formas retas. Já na traseira, as lanternas passam a ser horizontais.  O interior também está mais jovem, apesar de luxuoso: o painel com novos mostradores, o volante e o console central são os principais destaques.

O novo Grand Cherokee também muda na parte mecânica. Sai de cena o 4.0 V6 para dar lugar ao Pentastar 3.6 V6 que, com 280 cv e 36 kgfm de torque, consegue ser até 11% mais econômico que o propulsor anterior, alcançando 9,7 km/l, segundo a Chrysler. Outra novidade do SUV é a nova suspensão independente nas quatro rodas, além dos três sistemas de tração integral e do Select Terrain, que permite ao motorista configurar a dinâmica do carro de acordo com o terreno a ser explorado. A princípio, o novo Grand Cherokee deverá ser comercializado apenas nos EUA.

Rodrigo Mora

|