Os coreanos ainda não têm um desses híbridos de imagem como Toyota, Honda e Nissan, mas estão aprendendo rápido como transformar seus modelos comuns em veículos ecológicos. É o caso do Optima, da Kia, sedã que acaba de ganhar nova geração e meses depois já aparece na versão híbrida.

Rival do Fusion Hybrid, que será lançado no Brasil nesta sexta-feira, 18, o Optima usa uma combinação de motor a gasolina 2.4 litros com um motor elétrico de 40 cv. O diferencial é que suas baterias usam lítio, elemento que gera mais energia e autonomia e hoje está presente em projetos mais avançados como o Nissan Leaf e o Volt, da Chevrolet.

São 206 cv no total que, apesar do valor alto, consumem muito pouco combustível. Segundo a Kia, o Optima Hybrid é capaz de rodar 15,3 km com um litro de gasolina na cidade e 16,9 km na estrada, consumo melhor que o de muito carro popular brasileiro.

A Kia lançará o Optima Hybrid em março nos Estados Unidos. Como a versão normal chega ao Brasil na mesma época, não é impossível antever seu irmão ecológico em terras brasileiras em breve.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/