Ainda que seja um segmento minúsculo no Brasil, a Kia continuará a investir no mercado de vans de luxo. Já está à venda nas concessionárias da marca a linha 2012 da Carnival, que tem novo motor, novo câmbio e mais uma opção de acabamento. Visualmente, a maior mudança está na grade, que se alinha ao atual visual da montadora.

Por 124.900, a versão de entrada oferece CD player com entradas auxiliar, iPod e USB; volante com regulagem de altura, direção hidráulica progressiva, bancos para oito ocupantes (sendo que os traseiros são removíveis e os da última fileira, rebatíveis), sensor crepuscular, sistema de abertura das portas por keyless, abertura elétrica da tampa do combustível, espelhos retrovisores externos com regulagem elétrica e aquecimento e faróis de neblina com lentes de policarbonato. No quesito segurança, suas credenciais são airbag duplo e freio a disco nas quatro rodas com ABS e EBD.

Já a versão topo de linha sai por R$ 154.900 e entrega, além dos itens da configuração básica, computador de bordo, piloto automático com controles no volante, ar-condicionado dual zone e com ionizador, revestimento em couro nos bancos, volante, alavanca de câmbio e painéis laterais; bancos do motorista e passageiro com ajuste elétrico e memória, câmera com visor LCD para marcha à ré, sensor de chuva, airbags laterais e de cortina, controle eletrônico de estabilidade e rodas de 17 polegadas.

Outra novidade da Carnival 2012 é o motor 3.5 V6, de 276 cv, que aposenta o 3.8 V6, de 242 cv. E a transmissão automática, antes de cinco velocidades, agora tem seis marchas e opção de trocas manuais. A antiga van, em opção única, custava R$ 144.900. Sua concorrente por aqui é a Chrysler Town&Country, que sai por R$ 173.900 e emplacou neste ano apenas 45 unidades.

Rodrigo Mora

|