Prestes a ser apresentado ao público, no Salão do Automóvel de Frankfurt, o novo Kia Sportage teve suas primeiras imagens reveladas. A quarta geração do crossover da montadora sul-coreana nada tem a ver com o modelo atual, com um design mais “arrojado e progressivo”, projetado pelo estúdio da marca na Alemanha, juntamente com os de China, Coréia e Estados Unidos.

O Sportage 2016 traz formas encontradas em alguns aviões de combate, de acordo com a própria montadora. Na dianteira, o utilitário esportivo apresenta faróis principais em posição mais elevada, enquanto a grade com formato “nariz de tigre” se posiciona logo no centro e os faróis de neblina com quatro pontos de LED estão mais abaixo.

Nas laterais, o Kia ostenta linha de cintura elevada, a exemplo da geração atual. Já na traseira, ainda segundo a fabricante, o Sportage teve como inspiração o conceito Provo, apresentado em 2013, com direito a lanternas espichadas, interligadas por um filete cromado, sendo que a luz de ré agora se posiciona no para-choque.

Dados técnicos não foram revelados, mas o Kia Sportage deve usar motores 1.6 aspirado e turbo, de 135 a 176 cv, além de opções a diesel de 115 a 184 cv, com transmissão manual de seis velocidades, automática de seis marchas ou automatizada de sete relações e dupla embreagem, e tração integral como opcional. 

Novo Sportage
Divulgação

Novo Sportage deve chegar ao Brasil em 2016

Importação em 2016

O novo Sportage deve começar a ser vendido na Coreia do Sul até o final do ano. Depois disso, à medida que os estoques do anterior acabem, o SUV será lançado em outras partes do mundo. No Brasi, isso deve ocorrer até o final de 2016 com provável apresentação no Salão de São Paulo, em outubro do ano que vem. Hoje o Sportage é o veículo mais vendido da Kia no Brasil, onde a marca sofre com os impostos para importados e deixou de vender bem como no passado. 

Nascido em 1993

O Sportage surgiu em 1993 quando a Kia utilizou a plataforma de um modelo da Mazda para criar um pequeno SUV com chassi separado da carroceria, tração traseira e motores a gasolina ou diesel. Este último foi vendido pela Kia no Brasil, numa época em que a então rival Hyundai não possuía um modelo equivalente.

Em 2004, quando a Hyunda já havia assumido a Kia, o grupo desenhou dois modelos baseados na mesma plataforma, o Tucson e o segundo Sportage. No caso do Kia, isso siginificava transformá-lo num modelo mais urbano, chassi monobloco com tração dianteira e sem a motorização diesel. Para azar da Kia, o Sportage ganhou um projeto sem inspiração e não conseguiu acompanhar o primo da Hyundai nas vendas.

Seis anos depois, com o designer alemão Peter Schreyer em alta, o Sportage, enfim, ganhou um projeto à altura. Esportivo e atraente, o terceiro Sportage agradou em cheio e deixa agora para seu sucessor uma boa clientela mundo afora.

Veja a evolução do Kia Sportage

 
 
Kia Sportage 2016 Kia Sportage 2016
Kia Sportage 2016 Kia Sportage 2016
Kia Sportage 2016 Kia Sportage 2016
A primeira geração do Sportage usava como base um projeto da Mazda A primeira geração do Sportage usava como base um projeto da Mazda
O segundo Sportage nasceu em 2004 compartilhando sua plataforma com o Hyundai Tucson O segundo Sportage nasceu em 2004 compartilhando sua plataforma com o Hyundai Tucson
A 3ª geração, embora também fosse prima do ix35, contou com o toque mágico do designer Peter Schreyer A 3ª geração, embora também fosse prima do ix35, contou com o toque mágico do designer Peter Schreyer
 
 
Redação

Redação |