E mais um negócio dado como certo pela General Motors naufraga. Depois de a Penske desistir da Saturn e a própria GM cancelar a venda da Opel agora foi a vez da Saab voltar para a estaca zero. A Koenigsegg, fabricante de superesportivos da Suécia, abandonou a negociação para ficar com a marca conterrânea.

O comunicado partiu da GM, que lamentou a decisão "após meses de intensa discussão". Fritz Henderson, presidente da montadora, disse que a empresa analisará nas próximas semanas o que fazer com a subsidiária já que, segundo ele, a desistência pegou todos de surpresa.

Será que a GM lamenta tanto assim? A empresa já comemora a melhora na situação do mercado, preferiu ficar com a estratégica Opel e não seria surpresa se ela decidisse manter a Saturn e a Pontiac do jeito que as coisas andam. Até agora, a única marca realmente negociada foi a Hummer, para o grupo chinês Sichuan Tengzhong.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca