As produções se vão, mas os mitos ficam. O Lamborghini Murciélago é mais um dos supercarros que se despede das linhas de montagem. Para marcar essa transição, a fabricante italiana reuniu o modelo em despedida e mais uma série de supermáquinas clássicas da empresa por um passeio em Sant’Agata Bologne, a terra da marca do touro bufante. Participaram da ocasião, realizada nesse final de semana, carros como o 350 GT, Miura, Countach e Diablo, todos peças do museu oficial da marca.

O último Murciélago, de número 4.099, foi fabricado no início deste mês. Lançado em 2001, o carro era o modelo mais potente oferecido pela fabricante italiana. Seu motor 6.5 V12 pode gerar até 670 cv, como é o caso da versão LP 670-4 SuperVeloce. O substituto do carro, conforme a própria Lamborghini já adiantou, será lançado no próximo ano. Confira abaixo o vídeo do encontro.

 

 

Thiago Vinholes

|