Engana-se quem pensa que a chegada massiva de elétricos e (principalmente) híbridos ofuscará o esportivos de alta performance, com seus brutais motores V10 e V12. A Lamborghini, por exemplo, tem planos de lançar novos modelos até 2014, além de uma nova família de carros usando arquitetura Volkswagen até 2020.

Os lançamentos, aparentemente, chegarão somente a partir do próximo ano, já que em 2011 a marca italiana trabalhará no Aventador LP700-4, sucessor do Murciélago apresentado no Salão de Genebra. Segundo o site Teamspeed.com, o Sesto Elemento e uma versão roadster do Aventador viriam em 2012, enquanto o substituto do Gallardo apareceria em 2013 e o Estoque, em 2014. O sucessor do Gallardo, ainda de acordo com o site, seria chamado de Cabrera e ganharia uma versão Spyder em 2014.

Um Aventador Spyder e o sucessor do Gallardo (com suas variações) fazem sentido. E se o cupê Estoque e o superesportivo Sesto Elemento parecem dúvidas, declarações de Stephan Wilkelmann, CEO da Lamborghini, indicam que os dois virarão realidade em breve. "O Sesto Elemento mostra como será o futuro dos superesportivos: engenharia extremamente leve, resultados de desempenho extremos e extremo prazer de dirigir. Todo futuro Lamborghini terá um pouco do espírito do Sesto Elemento”. Outra revelação promissora se referiu ao Estoque.

Rodrigo Mora

|