Uma das maiores estrelas do Salão do Automóvel de Genebra é um carro de uma marca italiana. Ferrari? Não, Lamborghini! A marca levou à mostra suíça uma de suas mais incríveis máquinas já criadas: o Murciélago LP 670-4 SuperVeloce. Bom, o nome diz tudo.

Acredite, o modelo é ainda mais excepcional que o desejado LP-640. Para conseguir tal façanha, a companhia reduziu o peso de seu novo automóvel e o deu mais potência. A própria marca o classifica como “extremamente purista”.

Como também já fica claro pelo nome, o carrão passa a ter um motor V12 de 6.5 litros (até aqui, tudo igual) com nada menos que 670 cv de potência. O torque máximo fica em 67,3 kgfm. O interessante é que tal melhoria foi obtida com pouquíssimas mudanças: modificação do funcionamento das válvulas e nova entrada de ar no motor.

A redução do peso também foi considerável. O LP 670-4 SuperVeloce tem 100 kg a menos que a versão original do modelo. Com isso e os números do parágrafo acima, o superesportivo acelera da inércia a 100 km/h em apenas 3,2 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 342 km/h com o aerofólio standart.

Também é possível optar por uma asa traseira maior, que melhora consideravelmente sua aderência, mas a mudança faz o carrão diminuir sua velocidade para 337 km/h, o que pode não ser muito bem visto por quem quer andar no limite, mesmo correndo riscos. A tração, porém, é nas quatro rodas e em nenhuma das versões o pilot... ops, motorista, ficará na mão.

O imponente carrão da Lamborghini terá apenas 350 unidades ao redor do mundo. Será mais um daqueles modelos que ocupará o lugar dos carneirinhos nos sonhos dos amantes de superesportivos.

Redação

|