A Lamborghini prepara em Santa’Agata Bolognese um monstro comedor de asfalto sem precedentes. É a versão final do Sesto Elemento, modelo apresentado como conceito no Salão de Paris de 2010 e que deixou muita gente impressionada. A ideia é unir um motor 5.2 V10 de 540 cavalos de potência a um corpo com apenas 995 kg. Será um carro tão rápido, que só poderá acelerar em circuitos fechados. E obviamente, a máquina será caríssima: € 2.000.000 (ou R$ 4.620.000) cada, aponta o website britânico AutoCar.

E serão pouco carros. “Menos de vinte unidades”, antecipou Stephan Winkelmann, presidente da marca, à publicação. O executivo também confirmou os boatos sobre o desempenho do carro, que será capaz de acelerar do 0 aos 100 km/h em menos de 2,5 segundos. Tal número colocaria o novo Lamborghini na ponta do ranking de aceleração para carros produzidos em série, espaço ocupado atualmente pelo Bugatti Veyron Super Sport com seus 1.183 cv.

O segredo de tanta velocidade é o uso de muita fibra de carbono na construção do carro, desde o chassi a detalhes de acabamento e a própria carroceria. Além disso, o modelo terá distribuição de peso em 50/50, concepção alcançada graças ao motor central-traseiro. Winkelmann, no entanto, ainda mantém o mistério sobre datas de lançamento da versão final do Sesto Elemento. O mais provável é que a superesportivo estreie no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro deste ano.

Thiago Vinholes

|