O Ranger Rover E apareceu no Salão de Genebra ainda como conceito, mas com toda pinta de que se tornaria realidade em breve. A confirmação de que a Land Rover entraria para o segmento de híbridos não demorou, e a montadora inclusive já determinou que o lançamento do jipão mais comedido no consumo será em 2013 – já em 2014 a tecnologia se estenderá para o restante da gama.

Porém, o estreante não será exatamente o Ranger Rover E, movido a diesel, mas sim um Ranger Rover abastecido com gasolina. Segundo informações do site norte-americano Inside Line, o modelo será dotado de um conjunto elétrico (motor e bateria) responsável pela maior parte do trabalho, enquanto um pequeno motor a gasolina serviria apenas para alimentar a propulsão elétrica. Como a indiana Tata Motors, atual dona da Land Rover, detém também a Jaguar, é provável que a tecnologia seja usada nos seus carros igualmente.

Rodrigo Mora

|