A participação da Lifan no mercado brasileiro e sul-americano está aumentando. Para não perder o embalo e continuar crescendo, o Grupo Effa, representante da marca chinesa no continente, anunciou que ampliará a capacidade de produção de sua fábrica em San José, no Uruguai, dos atuais 60 automóveis montados por dia para 100 unidades até o final deste ano. São montados na planta atualmente os modelos 320 (o “sósia” do MINI Cooper) e o sedã 620.

Segundo informe da empresa, a fábrica da Lifan opera atualmente com quatro linhas de montagem que ocupam um espaço de 15.000 metros quadrados. Com as reformas, a instalação passará a ter 33.000 m² de área construída e oito linhas de produção (quatro para cada modelo). O Grupo Effa ainda afirma que a partir do início de 2012 a fábrica também poderá abrigar a montagem final do crossover X60.

A Lifan estrou no mercado brasileiro em agosto de 2010, pouco antes do Salão do Automóvel de São Paulo, onde a empresa expos o 320 justamente ao lado do estande da MINI. O hatchback foi o primeiro veículo da marca oferecido no país e até o final do ano passado somou 415 unidades, segundo balanço da Fenabrave. Neste ano, até o fechamento parcial de maio, já foram vendidos mais 924 exemplares do carro. O sedã 620, lançado um mês após o compacto, já totaliza 699 emplacamentos.

Thiago Vinholes

|