A Maybach, empresa de luxo do grupo Daimler, resolveu homenagear um “personagem” importante da história dos automóveis e anunciou a produção da versão Zeppelin para os modelos 57 S e 62 S, recriando o clássico dos anos 1930.

Com preços nas alturas, o modelo ganhou uma série de novidades. As rodas passaram a ser de 20 polegadas em cromo escurecido, o escapamento tem uma nova divisão vertical, a tapeçaria é exclusiva na cor Bege Califórnia com Preto Stromboli, entre outros. Isso tudo é impulsionado por um motorzão V12 de 6.0 litros, capaz de desenvolver até 640 cv de potência.

Ah, sim, um opcional interessante – e não lá muito útil – é o difusor de perfume, que já vem com a elegante fragrância Givaudan. O preço desse pequeno detalhe? Quase 4 000 euros. Exagero? Pois é, essa palavra funciona muito bem ao lado da marca Maybach.

Bom, se você é um bilionário que procura a cada dia novidades para gastar seu dinheiro, corra, já que a marca fabricará apenas 100 unidades. Aliás, não corra, não. A companhia não vai bem das pernas e deverá demorar a vender as edições especiais do modelo, que sai por 406 000 e 473 000 euros, nos modelos 57 S e 62 S, respectivamente.

Redação

|