O que era mais do que esperado foi confirmado pela Mazda: o conceito Minagi, apresentado no Salão de Genebra, será realmente produzido. Batizado de CX-5, o novo crossover é o primeiro modelo da marca a incorporar a nova linguagem visual da marca japonesa, conhecida como Kodo – Soul of Motion e que foi introduzida no Shinari Concept, no ano passado.

A estreia oficial do CX-5 – que completará a gama de utilitários esportivos da marca, ao lado de CX-7 e CX-9 – será no Salão de Frankfurt, em setembro, chegando às lojas ainda neste ano. De acordo com a Mazda, o CX-5 será construído ao redor da tecnologia SkyActiv, que contempla motores, transmissões e chassis pensados para serem eficientes. Entre as novidades estão o câmbio automatizado e o motor 2.2 turbodiesel, que terá 15% a mais de torque – o mesmo percentual vale para a redução no consumo de combustível.

Recentemente, a Mazda afirmou que pretende se instalar em países emergentes. “A meta é vender 2 milhões de veículos no mundo até 2016 e países como Rússia, Índia e o Brasil são fundamentais”, disse hoje Takashi Yamanouchi, presidente da montadora. O CX-5, sem dúvida, seria peça-chave nessa estratégia.

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca