A Mercedes-Benz anunciou nesta sexta-feira (2) o início da produção local do GLA, que se junta ao Classe C cinco meses depois da inauguração da fábrica em Iracemápolis (SP). Uma curiosidade interessante é que pela primeira vez na cadeia de produção global da Mercedes-Benz modelos com tração dianteira e traseira serão produzidos na mesma linha de montagem. Segundo a empresa, essa flexibilidade foi possível graças ao baixo nível de automação da linha.

Alguns funcionários da fábrica de Iracemápolis foram treinados nas fábricas de Pune (Índia) e Kecskemét (Hungria) para assegurar o nível de qualidade dos carros montados no Brasil e repassaram os conhecimentos adquiridos ao restante da equipe. Atualmente o Classe C e o GLA são os modelos mais venddos da Mercedes-Benz no Brasil.  

Quem esperava uma redução de preço com a nacionalização do modelo, infelizmente isso não ocorreu e os valores do GLA seguem inalterados mesmo com a produção local. Atualmente o modelo é oferecido em seis versões que utilizam desde o motor 1.6 turbo flex de 156 cv até o 2.0 turbo de 360 cv. Os preços são os seguintes:

GLA 200 Style – R$ 146.900
GLA 200 Advance – R$ 156.900
GLA 200 Enduro – R$ 178.900
GLA 250 Enduro – R$ 202.900
GLA 250 Sport – R$ 214.900
Mercedes-AMG GLA 45 4MATIC – R$ 333.900

 
 
Mercedes-Benz GLA já é produzido no Brasil
 
Mercedes-Benz GLA já é produzido no Brasil
Mercedes-Benz GLA já é produzido no Brasil
Modelo é produzido em conjunto com o sedã Classe C
 
Modelo é produzido em conjunto com o sedã Classe C
Modelo é produzido em conjunto com o sedã Classe C
Mercedes-Benz GLA 2016
 
Mercedes-Benz GLA 2016
Mercedes-Benz GLA 2016
Mercedes-Benz GLA 2016
 
Mercedes-Benz GLA 2016
Mercedes-Benz GLA 2016
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |