Que o Mercedes-Benz C 63 AMG é um foguete, isso todos sabem. Mas os alemães não parecem nunca satisfeitos. Agora lançaram um pacote de perfomance extra para o modelo que se beneficia de soluções desenvolvidas para ninguém menos que o SLS, o novo superesportivo da marca mostrado no Salão de Frankfurt.

O kit preparado pela AMG, a divisão de performance da Mercedes, aumenta a potência em 30 cv, o que deixa o C 63 mais próximo dos números da versão de corrida da categoria DTM. Agora são 487 cv de potência total, conseguidas com a adoção de pistões forjados utilizados no SLS e outras peças que eliminaram peso no conjunto.

Graças à isso, o C63 AMG acelera um décimo de segundo mais rápido (4,4 contra 4,5 segundos do modelo normal) de 0 a 100 km/h e atinge 200 km/h 1,3 segundos antes. A velocidade máxima, claro, continua limitada a 250 km/h.

Os freios também receberam tratamento especial para lidar com a melhora no desempenho. A versão sedã ganhou também um pequeno spoiler de fibra de carbono na traseira. Já no interior a diferença está no volante com couro exclusivo de napa.

O preço do pacote é de cerca de R$ 18 mil sem os impostos.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |