O clássico 300SL, modelo dos anos 1950 que inspirou a criação do novo SLS AMG, tinha uma versão conversível além da icônica série com as portas no estilo asa-de-gaivota. A fim de repetir a fórmula que fez sucesso no passado, a Mercedes-Benz fará o mesmo com a versão moderna de seu superesportivo, que estreará no Salão de Frankfurt deste ano com a alcunha SLS AMG Roadster, como antecipa a marca em comunicado com imagens do veículo com pouca camuflagem divulgado nesta quinta-feira (5).

Já flagrado em estradas pela Alemanha, o SLS conversível basicamente tem o mesmo formato do modelo com capota fixa, mas as portas tem abertura convencional. O teto é de tecido e, segundo a marca, demora 11 segundos para abrir ou fechar e o processo pode ser realizado com o veículo trafegando a 50 km/h.

A Mercedes-Benz também afirma que o SLS AMG Roadster, mesmo com os devidos reforços nas laterais para aumentar a rigidez torcional, é apenas 2 kg mais pesado que o modelo cupê. Já a velocidade máxima será limitada em 320 km/h. A marca, entretanto, não divulgou informações sobre a motorização, mas tudo indica que lançamento deve adotar o mesmo conjunto do SLS AMG, que tem motor 6.3 V8 de 571 cv e câmbio automatizado de 6 marchas.

Thiago Vinholes

|