Por enquanto, trata-se apenas de um protótipo. Mas o F800, que será exibido pela Mercedes-Benz no Salão de Genebra, no próximo dia 4, antecipa como será a nova geração do cupê de quatro portas CLS, que aparecerá no Salão de Paris, em setembro. Segundo a marca, o F800 também será inspiração, em termos de estilo e dimensões, para o novo CLC, além de servir de base para os próximos carros das classes A e B.
 
A Mercedes afirma que o design do novo CLS será bem fiel ao F800 – que mede 4,73 m de comprimento, 1,93 m de largura e 1,44 m de altura –, embora o carro de produção não terá as portas traseiras deslizantes, as rodas aro 20 e o interior futurista. A propulsão do F800 é garantida pela combinação de um motor V6 de 3.5 litros, de injeção direta e 300 cv de potência, e um elétrico, movido por baterias de íon de lítio, de 109 cv. O câmbio é automático, de sete marchas. Trabalhando juntos, esses motores levam o F800 a 100 km/h em 4,8 segundos, alcançando a máxima de 248 km/h – um bom desempenho, aliado a 68 g/km de emissão de CO2.
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/