A BMW, dona da Mini, mostrou à imprensa especializada a última versão do Mini que faltava no Brasil. É o Cabrio, conversível que passa a ser o modelo mais caro do compacto britânico.

Com motor 1.6 turbo e câmbio automático, o Mini conversível virá apenas na versão Cooper S e custará R$ 134 900, mas só será entregue a partir de setembro.

Embora o Mini tenha já um bom volume de vendas – 250 modelos teriam sido vendidos ou encomendados -, o Cabrio contribuirá com poucas unidades: apenas 40 carros devem ser comercializados até o final de 2009.

A capota retrátil do Mini opera em dois modos: no primeiro, ela recolhe parcialmente mas limita a velocidade do carro a 130 km/h. Já no segundo, o recolhimento é completo. Capricho da marca, o cockpit possui um odômetro apenas para medir quantos quilômetros o carro andou com a capota arriada.

Apesar de só chegar em setembro, o Mini Cabrio pode ser encomendado nas duas lojas da marca, uma em São Paulo e outra em Curitiba.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |

Veja mais notícias da marca