A Mini não poderia comemorar seus 50 anos de história em melhor momento. A fabricante inglesa – hoje propriedade da BMW – viu seu público crescer como nunca nos últimos anos, chegando a mercados em que nunca esteve, inclusive o Brasil. A crise financeira também ajudou a marca ao colocar em destaque seus compactos que, além de econômicos, são bonitos.

Para comemorar a data, foi realizada no circuito de Silverstone, na Inglaterra, o Mini United, evento que reuniu centenas de proprietários do carrinho. Uma das estrelas era a reedição do Mini com temática psicodélica feita pelo ex-beatle George Harrison, mas não foi só isso.

A Mini apresentou duas versões com acabamento diferenciado e que serão vendidas até o final em qualquer modelo da linha. São elas o Mayfair, com pintura marrom, e o Camden, em branco. Para quem não sabe, trata-se de bairros londrinos famosos.

Além de uma placa comemorativa dos 50 anos do modelo, as duas versões têm detalhes exclusivos. O Mayfair vem com faróis de neblina instalados na grade, como era feito na primeira geração do Mini. Note que os faróis de neblina normais estão lá também, mas no para-choque.

Já o Camdem exibe uma pintura branca rara na linha. Ele tem elementos do Cooper S, o esportivo, como a grade em colméia, faróis com máscara negra e um pequeno aerofólio traseiro.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca