As duas principais estrelas no estande da Mini no Salão de Paris retomam o que a marca fez no passado e jogam luz no que ela planeja para o futuro. Com o Countryman WRC, a Mini volta às corridas de rali, tentando repetir o sucesso conquistado no Rally de Monte Carlo, onde foi campeã três vezes. Já com o Scooter E Concept, a fabricante se aventura duplamente, ao contruir um veículo de duas rodas e elétrico.

O Countryman de rali foi desenvolvido em parceria com a Prodrive, uma das principais equipes de rali e que esteve fora da competição no ano passado. A estreia no World Rally Championship será em 2011, mas apenas em algumas provas, numa espécie de adaptação à categoria. Já em 2012 a Mini quer lutar pelo título brigando, principalmente, com Citroën DS3 e o New Fiesta WRC. Recentemente, a Mini divulgou imagens do Countryman WRC em testes.

Já o Scooter E Concept é uma das possibilidades que a Mini entende para a mobilidade do futuro. Com estilo retrô, a motoneta leva um motor elétrico na sua roda traseira, abastecido por baterias de íon de lítio – que podem ser recarregadas, segundo a fabricante, em qualquer tomada doméstica. A Mini também promete larga integração do Scooter E Concept a smartphones.

Rodrigo Mora

|