O Mini Cooper original foi concebido para ser um carro urbano, embora hoje esteja mais para um veículo premium. Mas ao que tudo indica a fabricante britânica quer voltar às origens. Segundo o site inglês Autocar, já estão sendo desenvolvidos estudos para identificar a viabilidade de um veículo estritamente urbano, que seria o líder comercial da marca. A intenção da Mini é produzir um modelo com não mais que 3,05 m – a medida original do Cooper e 7 cm menor que o atual, porém 3 cm maior que o smart.

O futuro Mini “mini” dividiria componentes com o Megacity, projeto da BMW para mobilidade urbana. “Não há nada decidido ainda. Está tudo numa fase inicial de concepção. Mas o momento é muito favorável a isso. Talvez nós possamos mostrar um conceito dentre os próximos 12 meses, ou talvez um pouco mais”, diz uma fonte da BMW ao site inglês.

A princípio, o futuro Mini usaria motores de três cilindros, mas a empresa ainda não decidiu se o instalará na frente ou atrás, e se o carro levará dois ou quatro ocupantes.

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca