A Mitsubishi Motors já tem em suas concessionárias no Brasil a linha 2012 do crossover Outlander, que chega importado do Japão com novidades. O principal destaque é a nova versão com motor 2.0, substituindo a opção de entrada da linha anterior, que tinha bloco 2.4. Já o modelo V6 GT, o mais equipado da gama, recebeu pequenas mudanças visuais e ganhou mais equipamentos.

O Outlander 2.0 tem propulsor com 16 válvulas e duplo comando no cabeçote (DOHC). Desenvolve 160 cavalos de potência (10 cv a menos que o 2.4) a 6.000 rpm e 20,1 kgfm de torque (3,9 kgfm a menos) a partir de 4.200 rpm. A versão tem tração 4x2 e o câmbio é do tipo CVT (Transmissão Continuamente Variável, com relações infinitas), porém possui modo sequencial (com borboletas atrás do volante) com 6 marchas fixas.

De fábrica, o modelo 2.0 vem com rack de teto, sensores de luz e de chuva, teto solar, bancos de couro, banco do motorista com ajuste elétrico, 6 airbags, freios ABS e sistema de som com leitor de CD e MP3 e conexão para celular via Bluetooth. Custa R$ 99.990, mesmo valor do Outlander 2.4 2011.

A versão V6 GT, por sua vez, ganha na linha 2012 moldura da grade dianteira cromada, porta-luvas refrigerado, painel e portas revestidos de couro, computador de bordo com display em LCD colorido e o Hill Start Assist, um assistente eletrônico para partidas em subida. O motor é o 3.0 24V com seis cilindros em V de 240 cv a 6.250 rpm e 31 kgfm de torque começando em 3.700 rpm. O GT ainda tem transmissão automática de 6 marchas e tração 4x4. O preço do modelo foi reajustado para R$ 124.990.

O Outlander GT vem equipado de série com todos os itens da versão 2.0 com o acréscimo de controles eletrônicos de estabilidade e tração e sistema multimídia com navegador GPS. As duas versões do crossover da Mitsubishi dispõem das opções de pintura Prata Silver, Cinza Medium Gray, Preto Black Mica e Branco White Pearl.

Thiago Vinholes

|