Abalada por um escândalo de fraude em emissões, semelhante ao desencadeado pela Volkswagen nos EUA e Europa, a Mitsubishi vai adotar uma estratégia mais agressiva para os próximos anos que ressalte grande parte de sua tradição: o foco em utilitários esportivos com tração 4x4 ou crossovers, ambos com propulsão elétrica ou híbrida.

Com isso, modelos como o sedã médio Lancer ou o compacto elétrico i-MiEV não terão mais espaço no portfolio futuro da montadora japonesa. Apesar de excelentes produtos, o Lancer nunca foi um modelo com grande aceitação no Brasil, por exemplo. O i-MiEV, por sua vez, até chegou a ser importado pela Mitsubishi ao Brasil para o uso corporativo, porém o projeto não registrou grande avanço até mesmo pelo entraves burocráticos brasileiros.

Já se sabe que as próximas gerações do Outlander e do ASX serão lançadas em 2017 e 2019, respectivamente. O Outlander contará com opções híbridas, além de uma nova variante dentro da gama. Já o próximo ASX, por sua vez, terá uma versão puramente elétrica, além de motor a combustão.

Atualmente o Lancer é comercializado no Brasil somente com motor 2.0 a gasolina de 160 cv e preços variando de R$ 65.190 com câmbio manual de 5 marchas até R$ 88.190 na versão topo de linha GT.

 
 
Mitsubishi Lancer 2015
 
Mitsubishi Lancer 2015
Mitsubishi Lancer 2015
Mitsubishi Lancer 2015
 
Mitsubishi Lancer 2015
Mitsubishi Lancer 2015
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |