Foi um anúncio “por tabela”. A BMW revelou nesta quinta-feira (16) o início das obras de sua futura fábrica no México, que terá a responsabilidade de produzir o Série 3 para os mercados da América do Norte. Apesar da marca não fornecer muitos detalhes, fica implícito que trata-se da nova geração do sedã médio, o modelo mais vendido da fabricante ao redor do mundo. Como a nova unidade ficará pronta em 2019, o modelo deverá ser revelado no ano em questão ou no fim de 2018.

O grupo alemão vai investir US$ 1 bilhão na cidade de San Luis Potosí e a nova fábrica promete ser uma das mais modernas e sustentáveis da BMW. Quando ficar pronta, ela deverá atingir uma capacidade de 150.000 unidades produzidas/ano e concentrar grande parte do abastecimento global do Série 3, já que a unidade de Rosslyn, na África do Sul, deixará de produzir o sedã para destinar a linha de produção à nova geração do X3.

Dentre os recursos de sustentabilidade, a futura fábrica mexicana da BMW só utilizará eletricidade obtida de forma sustentável e que em nenhuma etapa registre emissão de CO2. Para tanto a fábrica contará com painéis solares que irão fornecer grande parte da energia necessária. Já o processo de pintura dos carros, por sua vez, usará um sistema de desperdício zero no qual toda água utilizada é acondicionada e reciclada.

Atualmente a BMW já monta no Brasil o Série 3 e o X1 no Brasil e provavelmente a nova fábrica no México não deverá impactar a produção nacional. 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |