Enquanto desenvolve sua nova geração, a Chevrolet mantém a estratégia de reciclar ideias na picape S10. Produzida no Brasil desde 1995, a picape é líder em vendas totais graças ao preço mais acessível e ao histórico de robustez e baixo custo de manutenção.

A linha 2011 do utilitário, por exemplo, será apresentada na semana que vem em Esteio, RS, durante a Expointer, a maior feira de agronegócio do país. A novidade é a versão Rodeio, criada para suceder a Tornado.

No entanto, não se espera nada de novo além de detalhes estéticos. Novidade mesmo somente no ano que vem quando a nova geração da S10 deverá ser revelada. Maior, mais potente e sofisticada, ela dará à GM a oportunidade de disputar o mercado onde hoje a Hilux, da Toyota, domina. Mas a velha S10 deverá seguir em produção ocupando o segmento das picapes de trabalho onde tecnologia e sofisticação não tem grande valor.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/