Bastou pouco mais de um mês – do início de dezembro ao último dia 10 – para que o novo Jeep Grand Cherokee atingisse 43% das vendas esperadas para um ano inteiro. Segundo a Chrysler, foram 302 unidades comercializadas no período, quase a metade dos 700 emplacamentos previstos pela marca para 2011. Curiosamente, a versão topo de linha Limited, custando R$ 174.900, respondeu por 60% das vendas, enquanto a Laredo, de R$ 154.900, ficou com 40%. O mix, no entanto, deve se inverter, ainda de acordo com a montadora.

A quarta geração do Grand Cherokee (a primeira depois do final da união com a Daimler) foi lançada nos EUA em maio do ano passado, sendo exibida ao público brasileiro durante o Salão do Automóvel, em outubro. Além do design, os principais destaques ficam por conta do inédito motor Pentastar (V6, 286 cv) e do acabamento melhorado em relação à geração anterior. AUTOO cobre o lançamento do SUV em Angra dos Reis (RJ) e trará mais informações e as primeiras impressões do novo utilitário nas próximas horas.

Rodrigo Mora

|