A Ford evita falar sobre o assunto, embora admita que está investindo na ideia. Trata-se de uma nova linha de motores, chamada oficiosamente de Sigma, e que estaria sendo produzida no Brasil.

Evolução do conhecido motor Zetec, o Sigma, no entanto, seria um propulsor moderno, com bloco de alumínio, injeção direta de combustível, comando de válvulas variável e outras características que o tornariam potente, compacto e econômico. E mais: bicombustível.

Pois uma nota do blog Argentina Autoblog criou mais expectativa sobre o suposto motor. Segundo o site, a Ford estreará a versão 1.6 no novo Focus, previsto para ser lançado em junho próximo. Se a informação for confirmada, será uma grande novidade já que, embora o motor Zetec Rocam seja eficiente até, o Sigma é um passo além.

A nova geração do Focus foi lançada em setembro do ano passado, mas somente na versão 2.0 e com motor a gasolina. Com isso, o modelo não chegou a ter grande alteração nas vendas porque o maior volume de clientes adquire a versão 1.6. Até o final do ano, a Ford deverá transformar o 2.0 em bicombustível. Aí, sim, saberemos o potencial de vendas do novo Focus.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/