Enquanto a Nissan prepara sua entrada triunfal no segmento dos SUVs compactos por aqui com o Kicks, a japonesa anunciou nesta sexta-feira (24) uma novidade interessante para a América Latina e Caribe. Os principais mercados da região passarão a contar a partir deste ano com a terceira geração do Murano em suas ruas e avenidas.

Um dos primeiros crossovers do mundo, o Murano se destaca pelo estilo bem arrojado desde a primeira geração, lançada em 2003, e o apelo mais esportivo, com foco no bom comportamento dinâmico. Para a época ele foi revolucionário, uma vez que a maioria dos SUVs eram grandes e não ligavam muito para o aspecto da dirigibilidade.

A região receberá o Murano nas versões Advance e Exclusive, ambas com o motor 3.5 V6 de 260 cv. Bem equipado, ele traz de série recursos como o sistema de som Bose desde a versão de entrada e até mesmo 7 airbags. Já a topo de linha Exclusive acrescenta teto solar panorâmico, regulagem elétrica para bancos e coluna de direção com memória, dentre outras conveniências.

O Murano também conta com o sistema Around View Monitor, que estará presente no Kicks e permite monitorar em 360º tudo o que se passa ao redor do carro direto na tela da central multimídia.

E por aqui, nada?

Apesar de pouco conhecido, o Murano já foi importado ao Brasil de 2007 a 2009, porém sua carreira foi tão curta quanto tímida nas vendas.

O AUTOO procurou a Nissan do Brasil, a qual foi incisiva em afirmar que o novo Murano não vai chegar por aqui. Alguns rumores, contudo, dão conta de que pelo menos na Argentina ele será comercializado. 

Fato é que com o cenário de crise política e econômico, além do Dólar caro, o Murano poderia facilmente encostar - ou até passar - da faixa de R$ 200.000, o que tornaria sua comercialização muito difícil por aqui. O crossover é fabricado nos EUA e sequer conseguiria algum benefício fiscal, como acontece com os carros importados do México graças ao acordo bilateral com o Brasil.

Uma das prioridades da Nissan para o curto prazo talvez deva ser escolher um modelo para atuar acima do Kicks, como o X-Trail por exemplo, para dessa forma atuar na categoria de Hyundai ix35, Honda CR-V, Kia Sportage e companhia. Só então, com uma estratégia bem estabelecida e o país em uma situação mais estável, o Murano faria sentido no Brasil. Já que não custa nada torcer, pelo menos enquanto isso a gente pode ficar olhando as fotos... 

 
 
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
 
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
 
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
 
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
Terceira geração do Nissan Murano, que será vendida neste ano na América Latina
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |