Parece que o tempo passa mais rápido para os carros coreanos. Quando você acha que um projeto ainda é novo lá vem nova geração. É o que ocorre agora com o Sportage, o modelo mais vendido da Kia no Brasil.

O SUV chegou à 4ª geração com um estilo que manteve pela primeira vez alguma semelhança visual com a geração anterior, lançada em 2010 (isso mesmo, ela já está por aqui há seis anos). Até então, cada geração do Sportage era como lançar um veículo do zero: da primeira, ainda com chassi e carroceria separados e tração traseira, para a segunda, com chassi monobloco e tração dianteira, foi uma mudança total.

Agora, a situação é diferente. A 3ª geração, obra do designer Peter Schreyer, colocou o Sportage num patamar que antes nunca havia sido atingido. Por isso, melhor preservar a ligação com o passado desta vez.

Ou seja, o Sportage 2017 tem uma volumetria que lembra a do anterior, mas muda onde mais olhamos: os faróis e grades, que exibem na nova linguagem criada por Schreyer.

 
 
Kia Sportage 2017
 
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
 
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
 
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
 
Kia Sportage 2017
Kia Sportage 2017
 
 

Motor recalibrado

O lançamento para a imprensa ocorre na semana que vem, com presença do AUTOO, mas a Kia decidiu divulgar os preços das duas versões à venda. A primeira, sempre definida por códigos pouco assimiláveis, é a P.775.67, com preço de R$ 109.990, e a segunda, a P.786.67, custa R$ 134.990.

Em comum, ambas têm câmbio automático de seis marchas e motor 2.0 flex, que agora foi recalibrado e entrega 167 cv em vez de 169 do anterior.

A Kia também informa que o modelo está em pré-venda nas concessionárias da rede. Mais detalhes no AUTOO no dia 22.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |