A Fiat não poderia estar mais feliz. Quer dizer, poderia. Bastava que o Palio não tivesse perdido tanta participação no mercado, mas não há como reclamar do acerto no projeto do novo Uno. O compacto de formas retangulares e visual carismático está fazendo estrago no segmento de compactos com motor 1.0.

Somando suas vendas com as do antigo Mille, o modelo saltou de um patamar de 13% de participação para inéditos 21%. Os números de junho ainda não foram fechados, mas é nítido seu avanço. O Gol, líder inconteste do mercado nacional, ainda possui uma boa margem, representando um quarto da categoria, porém, nunca o Fiat esteve tão perto (veja gráfico abaixo).

Mas o crescimento do Uno fez mais vítimas. Celta, Ka, Corsa e, sobretudo, o Palio perderam terreno para a novidade. O Chevrolet conseguia de 12,9% e 13,5% do mercado e agora caiu para 11,5%. O Ford desceu do patamar de 8% para 6% e o irmão do Uno despencou de 18,5% em novembro do ano passado para apenas 11,2% em junho.

A boa notícia para Volkswagen é que o Fox reestilizado foi o único modelo, além do Uno, que ganhou mercado nesse período, saindo de 8% para 11,1%. Prova que o público que compra esse tipo de veículo busca novidades também.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/