O novo Volkswagen Jetta começou sua trajetória no mercado com azar. A divisão da marca nos Estados Unidos anunciou nesta semana o recall de 71.043 unidades do modelo recém-lançado no mercado brasileiro. De acordo com a Volks, o sedã pode apresentar problemas no sistema elétrico da buzina com o risco de curto-circuito, cortando a energia para o restante do veículo.

Sem eletricidade, sistemas como os limpadores do parabrisa e iluminação podem falhar, assim como o motor, que pode desligar sozinho. A marca informa que o chamado abrange modelos fabricados entre março de 2010 e março deste ano. O novo Jetta é feito na fábrica da VW em Puebla, no México, de onde também vêm os exemplares disponíveis no Brasil.

De acordo com o Volkswagen do Brasil, o recall do Jetta nos EUA não afeta o modelo à venda por aqui. Isso ocorre por que a arquitetura do sistema elétrico da versão destinado ao país e à Europa é diferente da aplicada no sedã destinado ao mercado norte-americano.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca