A Fiat Powertrain, subsidiária responsável pelos motores do grupo, anunciou nesta terça-feira que os novos propulsores produzidos na unidade de Campa Largo, PR, serão chamados de E.torQ.

Os motores são evoluções da antiga família Tritec, usada pela BMW nos Mini na década passada. A Fiat comprou a fábrica há alguns anos para criar substitutos para os motores comprados da GM Powertrain, sua antiga parceira.

Embora não tenha revelado detalhes, sabe-se que serão lançados dois motores inicialmente. Um é o 1.6 16V com  117 cv a 5500 rpm com etanol – 115 cv com gasolina e torque de 16,8/16,2 kgfm a 4 500 rpm. O outro é o 1.8 16V que possui 130/132 cv a 5 250 rpm e torque de 17,8/18,7 kgfm a 4500 rpm.

A estréia do motor E.torQ deve ocorrer na minivan Idea reestilizada, mas o Linea, Punto e o novo Bravo também terão esse equipamento.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/