A timidez comercial do Calibra, que esteve por aqui sob a bandeira da Chevrolet entre 1994 e 1996, era inversamente proporcional à sua ousadia estilística. Foi um dos carros mais especiais que o mercado nacional já viu. E ele deve voltar – na Europa, pelo menos. Questionado pelo site inglês Auto Express sobre o carro, Nick Reilly, CEO da Opel, é categórico: "eu acredito que deveríamos ter um (cupê), então nós teremos um".

O futuro Calibra, que ainda não tem data de estreia, será baseado no Gran Turismo Concept, revelado no Salão de Genebra de 2007 e que por sua vez deu origem ao Insignia, substituto do Vectra na Europa. "Será exatamente esse tipo de carro", define Reilly. O GTC era equipado com motor 2.8 litros V6 turbo, propulsor que deve também equipar  a versão topo de linha do novo Calibra. Mas, em tempos de downsizing, é quase certo que o futuro cupê terá motores menores e sobrealimentados.

Rodrigo Mora

|